sexta-feira, fevereiro 07, 2014

Que você não vem

Deixa eu lhe dizer
O que eu passei
Desde que você
Se desapegou de mim
Eu zanzei pelas ruas,
um molambo
Sonâmbulo,
insone e insano
Queria me atirar no mar
Só para me afogar
Que ainda é melhor
Que ser um devedor
Nas contas do amor
Preferia um deserto atravessar
Sob o sol e as noites sem luar
Do que dar meu braço a torcer
Que você não está
Que você não vem
Faça-me um favor
Volta para mim
É o que sei dizer,
nada mais
Senão me repetir
Que zanzei pelas ruas,
um molambo
Sonâmbulo,
insone e insano
Queria me atirar no mar
Só pra me afogar
Que ainda é melhor
Que ser um desertor
Dos campos do amor
Preferia um deserto atravessar
Sob o sol e as noites sem luar
Do que dar meu braço a torcer
Que você não está
Que você não vem
Faça-me um favor
Volta para mim
É o que sei dizer,
nada mais
Senão me repetir
Outra vez
Preferia um deserto atravessar
Sob o sol e as noites sem luar
Do que dar meu braço a torcer
Que você não está
Que você não vem
Faça-me um favor
Volta para mim

sábado, janeiro 12, 2013

http://ouvirmusicanova.net/academicos-da-fiel-samba-enredo-2013.html

segunda-feira, abril 23, 2012


Variedades
Matéria publicada em 18/04/12
Carnaval 2013
Publicitário e ator Arthur Netto é tema de samba-enredo da Acadêmicos da Fiel
A escola anunciou a homenagem em evento realizado no espaço cultural que recebeu o nome do artista mogiano
Renata Rubilar
Da Reportagem Local
Erick Paiatto

Ao homenagear o ator, que terá a sua vida retratada, a agremiação também abordará na avenida temas importantes, como cultura e cidadania, diversidade e gentileza
O próximo carnaval de Mogi das Cruzes vai trazer uma boa surpresa para aqueles que forem prestigiar o desfile na Avenida Cívica. Em 2013, a escola de samba Acadêmicos da Fiel, uma das principais do carnaval mogiano, escolheu o saudoso ator e publicitário Arthur Netto para homenagear em seu enredo. Ele, que é um grande nome das artes e da publicidade em Mogi das Cruzes, morreu em 2006, vítima de uma agressão na saída de uma casa noturna na região central.
O anúncio foi feito na noite da última sexta-feira em um evento realizado no espaço de cultura que leva o nome do artista, o Galpão Arthur Netto. O encontro foi aberto ao público e estiveram presentes vários representantes da classe artística da região. Eles puderam conferir uma apresentação especial sobre o tema comandada pelo casal de mestre-sala e porta-bandeira da agremiação.
A escola decidiu pelo enredo por vários motivos. Ao homenagear o ator, a agremiação também tratará na avenida temas importantes, como cultura e cidadania, diversidade, gentileza, dentre outros. E, para isso, a Acadêmicos da Fiel vai contar com a parceria da família e amigos do Arthur Netto.
Por exemplo, estará envolvido no projeto o pessoal da Cia. do Escândalo, grupo que fundou e gere o Galpão Arthur Netto, um espaço cultural independente instalado na região central. A ideia é que as pessoas que estiveram próximas ao Arthur ajudem na construção do enredo, que, segundo especialistas, é muito parecido com um roteiro teatral.
Por isso o tema do teatro não faltará na abordagem que a escola vai fazer da vida de Arthur. Haverá também uma dedicação à comunicação, já que o homenageado era publicitário atuante no mercado.
O objetivo é fazer um paralelo da vida de Arthur Netto com os temas que eram presentes na criação e atuação dele, seja no teatro, na publicidade ou na vida pessoal.
Dessa maneira, o Carnaval 2013 da Acadêmicos da Fiel terá muito teatro, muita cidadania, cultura, comunicação e muito Arthur Netto.

quarta-feira, abril 18, 2012

Acadêmicos da Fiel já anuncia o samba enredo de 2013 tvmoginews.com.br A escolá irá homenagear o publicitário Arthur Netto


http://www.tvmoginews.com.br/telejornal/?video=7469

segunda-feira, novembro 28, 2011

ARTHUR


FELIZ ANIVERSARIO ARTHUR ? ESTRANHO ISSO ! POR CONTA DE DOIS VERMES HJ EU NAO TENHO MEU IRMAO PARA ABRAÇAR, CELEBRAR, COMEMORAR ... SO RESTOU A SAUDADE. TE AMO PRA SEMPRE.

sexta-feira, novembro 25, 2011

29/11/2011

Polícia

Matéria publicada em 25/11/11
Caso Arthur Netto
Audiência será na próxima semana
Deize Batinga
Da Reportagem Local
Divulgação
Arthur Netto morreu em 2006, depois de ser espancado

Na próxima terça-feira, dia 29, será realizada a segunda audiência sobre a morte do ator e publicitário Arthur Netto. Nesse dia, o juiz da 1ª Vara Criminal do Fórum de Mogi das Cruzes, Freddy Lourenço Ruiz Costa, deve decidir se o pintor Antônio Ernani Gomes Filho, 28, o Guinho, e o entregador de marmitex Carlos Vinicius Calegari da Silva, 20, vão ou não a júri popular. Eles são acusados de espancar, em 2006, Arthur Netto, que morreu 41 dias após sofrer as agressões.

Guinho e Silva já passaram por uma audiência em julho deste ano, quando foram ouvidas seis testemunhas, entre elas, duas irmãs da vítima e o dono de uma casa noturna, onde Netto foi visto pela última vez, antes de ser brutalmente espancado. Essa segunda audiência foi marcada a pedido do promotor Osmar Mazloum, que fez questão de ouvir o irmão do publicitário, Alex Conceição, e uma testemunha protegida. Essas duas pessoas não puderam comparecer à última audiência.


O caso
Arthur Netto foi agredido com garrafadas no dia 5 de agosto de 2006. Naquela noite, após o trabalho, participou da festa de aniversário da mãe, na Vila da Prata, e, depois, seguiu para a danceteria Divina Comédia, onde se encontrou com amigos.
Ao ir embora, a pé, em direção à praça Francisco Ribeiro Nogueira, onde pegaria um ônibus, a vítima foi surpreendida e surrada por três pessoas na rua Doutor Antônio Candido Vieira, esquina com a Otto Unger. O publicitário ficou 41 dias internado, mas não resistiu e morreu.


terça-feira, outubro 04, 2011

Skinhead que obrigou jovens a pular de trem em Mogi das Cruzes é condenado

Por decisão favorável do STF, Vinícius Parizzato terá o direito de aguardar em liberdade o julgamento dos recursos da defesa

29 de setembro de 2011 | 6h 01
Pedro da Rocha, do estadão.com.br

SÃO PAULO - O skinhead Vinícius Parizatto foi condenado, nesta quinta-feira, 29, a 31 anos, nove meses e três dias de prisão, por ter obrigado jovens a pularem de um trem em movimento, em dezembro de 2003, episódio que terminou com a morte de Cleiton da Silva Leite e a amputação do braço de Flávio Augusto do Nascimento Cordeiro, em Mogi das Cruzes, na Região Metropolitana de São Paulo.

Por decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), que concedeu habeas-corpus aos acusados do crime, Parizatto recorrerá da decisão em liberdade. Ao final do julgamento, ele saiu andando pela porta da frente do Fórum de Mogi das Cruzes. O tribunal de júri teve início às 13h15 de quarta-feira, 28. Foram ouvidas cinco testemunhas e na sequência houve o interrogatório do réu.

À 1h45 desta quinta-feira a juíza Renata Vergara Emmerich de Souza proferiu a sentença, condenando Parizatto por homicídio. Em maio deste ano, o Tribunal do Júri da Vara Distrital de Brás Cubas, em Mogi, já havia condenado Juliano Aparecido de Freitas a 24 anos e 6 meses de prisão pela morte de Cleiton e a tentativa de homicídio de Flávio, mas ele recorre em liberdade.

Danilo Gimenez Ramos, outro acusado, aguarda julgamento de recurso e não tem data prevista para ir a julgamento.O crime aconteceu em dezembro de 2003, numa composição da linha E da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), próximo à Estação Brás Cubas. Vinícius, Juliano e Danilo obrigaram Cleiton e Flávio a pular do trem em movimento. Cleiton morreu e Flávio teve o braço amputado


This page is powered by Blogger. Isn't yours?